Resenha Gaian - o Reinício / Nerds Universo - Edenildo Gonçalves



Resenhista: Edenildo Gonçalves. 

Nerds Universo nas redes sociais:
-Blog
-Instagram

Resenha:


RESENHA: "GAIAN - O REINÍCIO" DE CLÁUDIO ALMEIDA

SÁBADO, ABRIL 08, 2017


Olá meus queridos amigos do blog! Depois de um longo tempo sem novas resenhas (Minhas sinceras desculpas), é com grande prazer que trago hoje a vocês uma resenha fresquinha do livro "Gaian - O Reinício", do nosso estimado amigo e parceiro Cláudio Almeida. Espero conseguir transmitir com sucesso a maravilhosa viagem e as fantásticas aventuras que este livro me proporcionou.


Sinopse: Gaian, o reinício é uma fantasia épica e narrará os últimos acontecimentos da Sétima Era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra, a queda do grandioso Reino do Norte e o reaparecimento dos guerreiros sagrados, um grupo destinado a combater o mal que trará, a cada povo de Gaian, desespero, dor, pavor e morte e deseja acima de tudo a destruição. Quais escolhas devem ser feitas? O que importará mais? A força ou a sabedoria? Quais serão os caminhos dos guerreiros sagrados diante dos desafios? Haverá ainda espaço nas almas para a esperança? 

Seja bem-vindo a Gaian. Um livro sobre perda, poder, pureza, vingança, aprendizado, medo e, sobretudo crescimento. Um livro onde o passado, o presente e o futuro se encontrarão para formar o destino.

Resenha

Tudo transcorria bem na pacata  cidade de Arinon, sua população aproveitava de tempos de paz e tranquilidade que há muito não desfrutavam, contentes pela colheita que mostrava números e quantidades promissoras para aquela temporada, preparavam felizmente todos os detalhes para a Festa Anual Fennit, tradição que mantinha-se por mais de 10 anos, segundo os supersticiosos, devido a ela as colheitas sempre foram bem sucedidas.

Os sinais apontavam para um futuro belo e pacífico, longe de quaisquer resquícios de guerra, todavia, essa tranquilidade corriqueira fora de alguma forma abalada, devido ao fato de cessarem as mensagens vindas do Reino do Norte, tal acontecido preocupava muitos da pequenina cidade, temerosos de que esse silêncio indicasse uma presença indesejada.

Ademais na história conhecemos Ehlen, jovem e imponente líder de Arinon, este que vem sustentando algumas preocupações, uma vez que, há algum tempo tem sonhos que perturbam suas noites de descanso, neles presságios indicam que a guerra e total devastação rumam em direção a cidade.


Preocupado de que esses sonhos realmente fossem presságios de um futuro próximo Ehlen decide convocar uma reunião com seus conselheiros, para propor algumas medidas que reforçassem a segurança de Arinon, todavia, suas ideias foram consideradas tolices por muitos dos presentes na reunião, consideradas como desnecessárias para aquele momento. Temendo pelo pior, ele revela aos presentes os presságios que recebera pelos sonhos, conseguindo dessa forma marcar uma nova reunião. 

Os conselheiros e anciões presentes na reunião são convocados para o novo encontro que daria-se na manhã seguinte à Festa Anual. Surpreendentemente, durante esse curto espaço de tempo coisas inesperadas acontecem: longe de onde acontecia a festa, uma batalha incrível acontece em um modesto campo de trigo, no qual conhecemos a força e habilidade de um poderoso guerreiro; sucedidos pela antecipação da reunião do Conselho e a confirmação da guerra que havia sido causada por um antigo mal, que agora rebelava-se ferozmente; ademais somos agraciados com a revelação do surgimento de uma antiga e poderosa classe de guerreiros, destinados a combater a ameaça que aproxima-se.

Uma incrível e inimaginável jornada começa aqui, repleta de desafios e adversários, onde caminhos nos levam a conhecer novas e belas cidades, e também protagonizar imprevisíveis e brutais batalhas.  


Tive o intuito de fazer apenas essa breve introdução para não correr o risco de revelar mais do que o necessário sobre o livro e sua fascinante história. Partimos agora para algumas considerações acerca da obra, estas que não poderiam ser melhores:

A narrativa presente no livro é simplesmente fantástica! Cláudio Almeida em sua escrita carrega o leitor e o transporta por toda as aventuras do mundo de Gaian, com uma escrita rica em detalhes, que nos fazem imaginar todo o cenário e idealizar em nossas mentes as poderosas magias e cenas de batalha, vale aqui ressaltar, a construção de todo o universo onde se passa a história, feita de forma única e original, com sacadas geniais quanto a criação das Eras e Reinos, bem como as personalidades e acontecimentos históricos que os embalam.

Assim como citado anteriormente, Cláudio mostra uma extrema perícia para com a construção do seu livro, quero destacar todo o empenho destinado as cenas de batalha, estas que fizeram muitas vezes com que eu sentisse o ardor daquele momento, toda a raiva, desespero e dor presentes nelas. 

Outro ponto forte do livro, sem sombra de dúvidas, são os personagens. O autor conseguiu de forma brilhante construir e dar vida à personagens incríveis, cada um com sua particularidade e história de dor e superação, com obstáculos e desafios pessoais, todos eles, de alguma forma conseguem ganhar espaço e marcar nossa memória com sua lembrança, seja ela boa ou ruim. Aqui deixo todo meu favoritismo e carinho por Erion, personagem que ganha meu respeito e consideração nas primeiras páginas do livro, no qual, podemos ver todo sua força e poder, uma personagem que sacrifica até mesmo sua vida em função de um bem maior. 

Ilustração da maravilhosa Erion <3
Em relação à estética do livro só tenho os melhores elogios. Apresenta uma capa que condiz exatamente com o enredo da história, além disso, encontramos lindas ilustrações que antecedem todos os capítulos da obra, estas que retratam partes importantes presentes naquele trecho. Vale ressaltar também, que ao final do livro podemos encontrar alguns apêndices que revelam informações e detalhes sobre a história de Gaian, como nome de personagens, as magias presentes na história, os reinos e eras desse mundo fictício, bem como, um mapa que demarca todo o território e que auxilia durante a leitura.

Antes de encerrar a resenha, gostaria de enaltecer os belos ensinamentos que por vezes encontramos presente no livro, estes que valem não somente para os personagens, mas também para o atento leitor, que observa e absorve o que o livro quis dizer.

Agradeço nosso querido parceiro Cláudio Almeida, por ter acredito no trabalho do blog e ter possibilitado a oportunidade de viver essa história maravilhosa. Para aqueles amantes de fantasias épicas, repletas de magia e batalhas, sedentos por ação e belos ensinamentos, busquem ler Gaian - O Reinício e apaixonar-se por esse mundo, assim como eu me apaixonei. 


Link da Resenha
http://meunerdsuniverso.blogspot.com.br/2017/04/resenha-gaian-o-reinicio-de-claudio.html?m=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário